Bebê de 1 ano morre após ser atropelada por carro em Caldazinha

Um bebê de apenas 1 anos e dez meses morreu na madrugada desta segunda-feira (6) após ser atropelada por um carro, em Caldazinha, Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, o condutor do veículo, ainda não identificado, fugiu do local sem prestar socorro. Kauanny Vitória Campos Siqueira chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil apura o caso (veja nota no fim do texto).

O caso aconteceu no domingo (5). A avó de Kauanny, Maria Joana da Costa Campos, disse que a menina conseguiu abrir o portão e sair sozinha durante um momento de desatenção da família.

 

"Minha outra filha ouviu um barulho e saiu na rua para ver o que era. Aí encontrou ela caída lá na rua. É muita dor, muita tristeza", disse ao G1.

 

Acompanhada da mãe e da irmã, a mãe de Kauanny colocou a menina nos braços e saiu correndo pela rua pedindo ajuda. Uma vizinha colocou todas elas no carro e foram até a praça central, onde conseguiram localizar uma equipe da Policia Militar.

Como o quadro aparentava ser grave, os agentes não tinham tempo para aguardar uma ambulância e colocaram mãe e filha no carro, levando-as até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

Porém, como a gravidade do caso foi confirmada, a menina foi transferida pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia.

Apesar das tentativas, a garota não resistiu aos ferimentos.

O velório da criança está previsto para ocorrer na capela do cemitério de Caldazinha, onde também deve acontecer o enterro. O horário ainda não foi definido.

 

Nota da Polícia Civil

 

A Polícia Civil de Goiás informa que o caso do atropelamento da menina Kauanny Vitória Campos Siqueira, de 1 ano e 10 meses, ocorrido na tarde desse domingo (5), na Avenida Bernardo Sayão, em Caldazinha, será investigado pela Delegacia de Senador Canedo. A criança faleceu no Hugol na madrugada de hoje (6). O inquérito já foi instaurado e equipe de policiais civis já iniciaram diligências a fim de identificar a autoria do crime. A família da criança deverá ser ouvida pelo delegado Emerson Morais nos próximos dias, após o período de luto.

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Cenas fortes!! Três detentos são mortos durante briga de facções em presídio (Veja vídeo)

Manifestação contra cortes na educação reúne milhares, em Goiânia Segundo organizadores do evento cerca de 25 mil pessoas participaram do ato.

Goiânia tem árvores com pelo menos 80 anos e 300 espécies nativas e exóticas

Comissão do Senado aprova que presos paguem por gastos na prisão

Após faltar duas vezes, policial civil acusado de matar a mulher enfrenta júri popular em Goiânia

Ronaldo Caiado já tem "plano B" para recuperação econômica de Goiás

“Negligência da CPP matou meu marido”, diz esposa de detento morto com tuberculose

Moro afirma que não há acordo para assumir cadeira no STF

Pescador encontra cadáver boiando em represa de Goianésia