PM de Goiás fica em primeiro lugar no curso da Swat nos EUA

Valeu a pena para o policial militar de Goiás Júlio César Ferreira Júnior e para os amigos que acreditaram nele. O soldado mobilizou os goianos e conseguiu viajar para um curso do grupo de elite da polícia americana, a Swat, nos Estados Unidos. E de lá, no Texas, Júlio contou, através de um vídeo, que ficou em primeiro lugar no treinamento, recebendo uma medalha.

"Eu quero avisar para vocês que fui agraciado com o primeiro lugar no curso. Que Deus me abençoou. Eu estou muito feliz por poder representar nosso estado e o povo do nosso país. Tenho muito que agradecer a Deus e a cada um que me ajudou”, disse Júlio, que se destacou também como o melhor atirador.

 
Júlio César Ferreira Júnior é soldado da PM em Goiás e foi convidado para curso no grupo de elite dos EUA  — Foto: Reprodução/Arquivo PessoalJúlio César Ferreira Júnior é soldado da PM em Goiás e foi convidado para curso no grupo de elite dos EUA  — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Júlio César Ferreira Júnior é soldado da PM em Goiás e foi convidado para curso no grupo de elite dos EUA — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Segundo o soldado do Comando de Operações de Divisas (COD), foram mais de 20 dias de treinamentos.

“Foram dias intensos, dias de treinamento duro, aonde eu pude realmente aprender muitas cosias, muitas técnicas, conhecer as novas tecnologias, as novas tendências, para questão de armamento e resgate de reféns. Creio que todo esse treinamento será bastante proveitoso ”, contou Júlio.

O soldado também fez questão de ressaltar que no curso encontrou também uma goiana. Deisy Ribeiro Nunes Campos é pedagoga e instrutora da Guarda-civil Metropolitana da capital. Ela foi a única mulher a participar desse treinamento.

O soldado volta para o Brasil no próximo dia 18, mas para conseguir chegar até ao EUA e se manter durante os dias de treinamento, precisou conseguir R$ 15 mil para custear as despesas. Diante disto, os colegas dele COD realizaram uma campanha para arrecadar o valor.

 
Júlio se destacou no curso também como melhor atirador — Foto: Reprodução/Arquivo PessoalJúlio se destacou no curso também como melhor atirador — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Júlio se destacou no curso também como melhor atirador — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

 

Convite para o treinamento

 

Júlio é soldado da PM há cinco anos e criou o Projeto Kalunga, um programa social que atua em uma comunidade Quilombola com o objetivo de combater a exploração sexual infantil e uso de drogas no município de Cavalcante, região nordeste do Estado.

O projeto, que já tem quatro anos de existência e conseguiu atingir cerca de cinco mil famílias da região, rendeu o convite a Júlio para o treinamento no grupo de elite dos EUA.

Pelo Kalunga, Júlio, juntamente com outros dois policiais, foi homenageado em São Paulo com a medalha de mérito da Organização Nações Unidas.

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Cenas fortes!! Três detentos são mortos durante briga de facções em presídio (Veja vídeo)

Manifestação contra cortes na educação reúne milhares, em Goiânia Segundo organizadores do evento cerca de 25 mil pessoas participaram do ato.

Goiânia tem árvores com pelo menos 80 anos e 300 espécies nativas e exóticas

Comissão do Senado aprova que presos paguem por gastos na prisão

Após faltar duas vezes, policial civil acusado de matar a mulher enfrenta júri popular em Goiânia

Ronaldo Caiado já tem "plano B" para recuperação econômica de Goiás

“Negligência da CPP matou meu marido”, diz esposa de detento morto com tuberculose

Moro afirma que não há acordo para assumir cadeira no STF

Pescador encontra cadáver boiando em represa de Goianésia