Moro afirma que não há acordo para assumir cadeira no STF

ministro da Justiça Sérgio Moro disse, nesta segunda-feira (13) ao Ric Mais Notícias, que não aceitou a chefia da pasta em troca de uma cadeira no STF (Supremo Tribunal Federal). 

 

“Me sinto honrado com o que o presidente falou. Mas assim, não tem a vaga no momento. E quando surgir a vaga o presidente vai avaliar se manterá o convite, e eu vou avaliar se aceitarei o convite, se for feito, evidentemente. Então não é uma coisa que hoje se encontra na minha mente. Meu trabalho hoje é desempenhar minhas funções dentro do ministério, e fazer um bom trabalho na área de justiça e segurança pública”, afirmou Moro.

No domingo (12), o presidente Jair Bolsonaro disse que Moro será o indicado para a próxima vaga do STF que ficar disponível. Isto provavelmente acontecerá em novembro de 2020, com a aposentadoria do ministro Celso de Mello.

 
 
 

Para Bolsonaro, Moro tem qualificação e que tem um acordo com ele. “Eu fiz um compromisso com ele. A primeira vaga que tiver lá, estará à disposição (dele)”, disse.

Moro disse também que foi convidado para chefiar o ministério e que aceitou. "Não houve estabelecimentos de condições: ah eu só vou se me convidar para ir para o supremo depois… não teve nada disso. Isso até seria inapropriado“, afirmou.

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Cenas fortes!! Três detentos são mortos durante briga de facções em presídio (Veja vídeo)

Manifestação contra cortes na educação reúne milhares, em Goiânia Segundo organizadores do evento cerca de 25 mil pessoas participaram do ato.

Goiânia tem árvores com pelo menos 80 anos e 300 espécies nativas e exóticas

Comissão do Senado aprova que presos paguem por gastos na prisão

Após faltar duas vezes, policial civil acusado de matar a mulher enfrenta júri popular em Goiânia

Ronaldo Caiado já tem "plano B" para recuperação econômica de Goiás

“Negligência da CPP matou meu marido”, diz esposa de detento morto com tuberculose

Moro afirma que não há acordo para assumir cadeira no STF

Pescador encontra cadáver boiando em represa de Goianésia