amentável! Torcedor tenta beijar repórter da Globo na Rússia: "É horrível. Eu me sinto indefesa" Featured

repórter Júlia Guimarães, do Grupo Globo, foi mais uma vítima de assédio de um torcedor neste domingo, antes do jogo entre Japão e Senegal, em Ecaterimburgo, na Rússia.

– É a segunda vez que isso acontece comigo aqui na Rússia. Eu nunca passei por isso no Brasil, mas que fique bem claro que é por sorte mesmo, porque acontece muito no Brasil, já vimos várias vezes com colegas da imprensa. Estou vivendo isso muito aqui na Rússia, desde olhares agressivos até cantadas em russo, que obviamente eu não entendo, mas sinto. E é a segunda vez que acontece algo físico, de um cara tentar me beijar. Na primeira vez, foi antes do jogo entre Egito e Uruguai, e eu acho que era russo. Agora com certeza era russo. É horrível. Eu me sinto indefesa, vulnerável. Desta vez eu dei uma resposta, mas é triste, as pessoas não entendem. Eu queria entender por que a pessoa acha que tem direito de fazer isso – disse Julia.

O assédio a mulheres (jornalistas ou não) na Rússia será tema de uma reportagem especial que vai ao ar no Fantástico na noite deste domingo (24).

Julia e outra repórter do Grupo Globo, Amanda Kestelman, já haviam relatado neste texto AQUI o assédio que vêm sofrendo na Rússia.

Passada a revolta, Julia conseguiu fazer sua entrada ao vivo no Esporte Espetacular, falando do clima do jogo entre Senegal e Panamá:

 

Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Sexta, 31 Agosto 2018 12:21

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Cenas fortes!! Três detentos são mortos durante briga de facções em presídio (Veja vídeo)

Manifestação contra cortes na educação reúne milhares, em Goiânia Segundo organizadores do evento cerca de 25 mil pessoas participaram do ato.

Goiânia tem árvores com pelo menos 80 anos e 300 espécies nativas e exóticas

Comissão do Senado aprova que presos paguem por gastos na prisão

Após faltar duas vezes, policial civil acusado de matar a mulher enfrenta júri popular em Goiânia

Ronaldo Caiado já tem "plano B" para recuperação econômica de Goiás

“Negligência da CPP matou meu marido”, diz esposa de detento morto com tuberculose

Moro afirma que não há acordo para assumir cadeira no STF

Pescador encontra cadáver boiando em represa de Goianésia